Fios da história: A poesia épica

No século XVII a simpatia pela poesia épica se expressou principalmente na tapeçaria. Os grandes sucessos literários do século passado, tal como “A Jerusalém Libertada” de Torquato Tasso e “Orlando furioso” de Ludovico Ariosto, ambos poetas italianos, podem ser encontrados em algumas obras no castelo de Puyguilhem (Na Dordogne). As poesias épicas foram uma importante fonte de inspiração para as grandes tapeçarias deixando lindos rastros das crenças, rotinas e histórias européias.

Saiba mais em: https://tapisseries.monuments-nationaux.fr/La-tapisserie-de-A-a-Z/L-art-de-raconter-des-histoires

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *